[Ministério] Edmond Sullivan

Ir em baixo

[Ministério] Edmond Sullivan

Mensagem por Arquivista em Dom Jan 02, 2011 4:54 pm

Edmond Sullivan escreveu:Nome Completo: Edmond Sullivan
Idade: 364 anos
Local de Nascimento: Cork, Irlanda
Nomes dos Pais: Ruth e Noel
Irmãos: não possui
Cor dos cabelos: Brancos
Cor dos olhos: Pretos
Cor da pele: Branca
Altura: 1,70m
Animais: Isidora (um unicórnio)
Comida preferida: Pudim doce de Abóbora
Cor preferida: Caramelo
Livro preferido: “As mil e uma receitas mágicas de Heleonor Gallenger”, de Helonor Gallenger
Matéria preferida: Transfigurações
Hobby: Comer

Origem e Significado do Nome:

Sullivan – De origem Gaélica significa “olhos negros”.

Edmond – Origem Alemã é uma variação do nome Edmund e quer dizer “guarda opulento”.


Quem é Edmond Sullivan?

Irlandês, de puro sangue bruxo, descendente celta, Edmond Sullivan é um sábio bruxo de 364 anos. Filho de um casal de bruxos artesãos, nasceu no condado de Cork.

Possui uma cara redonda e uma barba de cor caramelo que une uma costeleta à outra. Suas bochechas são grandes e rosadas, seu nariz é levemente arrebitado e está sempre avermelhado. Seus olhos são negros e redondos, como duas jabuticabas gordas, e a testa, quando zangada, faz quatro dobras curvas. Sullivan é careca, possui poucos fios logo acima da testa, delicadamente penteados para lado direito. O resto do cabelo se distribui na altura das orelhas e por cima da nuca.

Está consideravelmente acima do peso. Sua barriga é redonda e volumosa. Para crianças atrevidas, costuma dizer que quando menino engoliu um caroço de melancia que foi crescendo no decorrer dos anos e fez sua barriga ficar da forma que está. Seus braços e pernas são curtos. Sua estatura é baixa. Apenas um metro e sessenta e cinco de altura. As mãos são gordinhas e os dedos curtos estão cheios de anéis de madeira. Na orelha direita existe um brinco de argola, também feito de madeira. Como vestimenta, prefere o uso do terno às corriqueiras túnicas de magos. Seus ternos geralmente são claros, em sua maioria, nas cores cinzas e beges, com finas listras brancas distribuídas verticalmente. Suas gravatas, ao contrário, são escuras e lisas. A vaidade é uma de suas principais características.

Quando Sullivan anda, os móveis, objetos e pessoas ao seu redor dão pequenos saltinhos do chão, devido à tamanha força de suas pisadas.

É muito fácil encontrar esse velho bruxo de bom humor. Muitos dizem que foi sua alegria a grande causadora do retardamento de sua velhice, uma vez que aparenta possuir não mais que cinqüenta anos. Adora fazer piadas, as curtas e de pouca graça são suas prediletas. Porém, quando o assunto é disciplina e ordem, esse simpático bruxo se transforma, sua cara se zanga e seus olhos se apertam. Sua voz assume um tom mais alto e suas palavras são duras e diretas. Devido a essa bipolaridade, justifica-se um de seus cruéis apelidos, uma vez inventado por um aluno: Ed Duas Caras.

Seu prato predileto é pudim de abóbora com côco. Sullivan não dispensa uma boa refeição.

Ele mantém uma humilde cabana, de um cômodo só e de uma chaminé de arquitetura torta, na margem do Rio Lee, onde costuma visitar uma vez por ano, numa data aleatória. Nesse dia, Sullivan reabastece sua chaleira e deixa sua encantadora chama de cor azul mais viva. Uma lenda, muito divulgada no mundo bruxo, diz que se essa chama for apagada, Sullivan morrerá na mesma hora. Na noite em que está em sua cabana, é dada uma chance a um único bruxo de visitá-lo. Esse predestinado recebe um sinal intuitivo algumas semanas antes, e movido pela emoção saberá a hora exata de chegar à cabana. É muito importante que o visitante apenas possua boas intenções em seu coração. Para entrar, bastam apenas três toques na porta de madeira, após aberta somente ele conseguirá cruzar o tapete de entrada, devido a um forte encantamento.

Sullivan é um animago, ou seja, tem o poder de se transformar em um animal, no caso dele um gato persa. A pelugem é da cor caramelo, assim como a barba, e possui várias listras em tom marrom escuro, distribuídas desde a cabeça até a ponta do rabo. Seus olhos são alaranjados com a pupila negra e estreita. Possui largos bigodes e o focinho é vermelhinho. É um gato gordo de barriga grande e redonda, porém é rápido e muito discreto. Toda a densidade do andar de Sullivan quando humano é perdida. Somente os mais atentos conseguem vê-lo passar. Seu rabo é grande, formoso e bastante peludo.

Uma das maiores habilidades de Sullivan é a aparatação. Ex-professor da disciplina consegue aparatar nos lugares mais inesperados e quebrar encantos pesados contra essa magia.

Possui um unicórnio fêmea de nome Isidora. Ela fica guardada em um pequeno curral ao lado da casa do guarda-caças e é solta para a floresta com muita regularidade. Isidora é veloz e muito obediente. Possui o poder da cura e já salvou seu dono nas situações mais arriscadas, onde o mesmo se encontrava à beira da morte. Ela foi um presente de um grande amigo finlandês, Tarja Luthala.

O objeto mágico de Sullivan é o relógio de bolso do perigo. Esse, dado de presente pelo próprio pai, não marca as horas, mas alardeia o dono sobre os perigos eminentes. Na extremidade inferior do relógio, há um pequeno repartimento retangular onde dentro vibra uma pequena chama azul, ela é uma réplica fiel da chama da cabana do rio Lee. Quando Sullivan está saudável e muito bem disposto, essa chama se apresenta robusta, num azul forte e vibrante; quando o bruxo está fraco ou muito machucado, a chama se mostra pequena num azul esmaecido. O relógio ainda possui dois ponteiros. O maior que capta a energia da pessoa próxima e o menor que sinaliza perigo e aponta na direção do inimigo.

Os números do relógio são em algarismos romanos e se dispõem de um a doze, assim como em relógios trouxas. O ponteiro maior marca a energia numa escala em que o número um corresponde às más intenções e o doze às boas intenções. O ponteiro menor quando não há nenhum inimigo próximo permanece imóvel e na cor verde. Quando há um inimigo nas redondezas adquire a cor vermelha e aponta em sua direção, sendo o número doze o norte, o seis o sul, o três o oeste e o nove o leste.


Sua história antes de chegar a Hogwarts:

Edmond Sullivan passou a infância ao lado do pai auxiliando-o na arte da carpintaria. Formou-se na escola de magia da Irlanda e foi convidado a ingressar na escola superior de magia da Finlândia como mestre no estudo dos animagos. Em 1854 participou de uma missão na Ásia Central a serviço do Ministério da Magia para a migração de gigantes de uma área devastada pela seca para uma área arbórea e de cavernas escondidas. No Egito, foi professor de aparatação para alunos avançados e aurores. Em 1906, ano de seu reconhecimento no país de origem, foi convidado a regressar à Irlanda e trabalhar na escola de Magia de Musnter como vice-diretor. Finalmente, em 1964, foi convidado a assumir a aula de Transfigurações na Escola de Magia e Bruxaria da Inglaterra, Hogwarts, sendo que em 1982 foi condecorado diretor do instituto.
Em 2007, Sullivan entrou com seu pedido de aposentadoria em Hogwarts e em 2008 foi eleito Primeiro Ministro da Inglaterra com 90% dos votos.
avatar
Arquivista
Admin

Mensagens : 525
Data de inscrição : 30/12/2010

Ver perfil do usuário http://arquivoswp.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum