[Professor] Helena Chevalier

Ir em baixo

[Professor] Helena Chevalier

Mensagem por Arquivista em Dom Jan 02, 2011 5:01 pm

Helena Chevalier escreveu:Nome Completo: Helena Moreau Chevalier
Idade: 30 anos
Local de Nascimento: Paris - França
Nomes dos Pais: Bernard Chevalier e Isabelle Campbell
Irmãos: Nenhum.
Cor dos cabelos: Louros
Cor dos olhos: Azuis Claros
Cor da pele: Clara
Altura: 1,70
Animais: Uma coruja (Argos)
Comida preferida:Pot au feu, acompanhado de um bom vinho, é claro
Cor preferida: Azul
Livro preferido: “As Esfinges - O Grande Enigma”
Matéria preferida: Trato das Criaturas Mágicas
Hobby: Uma desbravadora nata, gosta sempre de estar em viagens de expedição. Também tem o costume de escrever. Observar animais mágicos raros.
Formação Acadêmica e Profissional: Chevalier diplomou-se na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Teve experiências em expedições em busca de animais mágicos com a equipe de desbravadores de seu pai. Estudou durante dois anos os animais do norte. Focou sua especialização em animais mitológicos, tendo passado três anos inteiros na Grécia. Trabalhou no Departamento de Regulamentação e Controle de Criaturas Mágicas, no Ministério da Magia da França.
Animago: Transforma-se em uma Águia.
Idiomas: Francês, Inglês, Grego, e um pouco de Latim.

Sua história antes de chegar a Hogwarts:

Helena Moreau Chevalier nasceu em Paris, na França, em uma época em que o país estava à beira de um colapso mágico. Muitos animais mágicos, antes ocultos pelo ministério, tiveram seus habitats naturais alterados pelos trouxas, assim ele começaram a atacá-los , e como conseqüência ocorreram surtos de mortes e ataques de muitos animais perigosos, que tinham fugido totalmente do controle do Departamento de Regulamentação e Controle de Criaturas Mágicas.

Seu pai era um grande pesquisador renomado da área de magizoologia e já trabalhara muitas vezes à serviço e pedido do Ministério quando tinham dificuldades para lidar com algum problema com animais mágicos sem controle no país. Nesta época, ele recebera o convite do próprio Ministro da Magia Francês, para que aceitasse o cargo de Chefe do Departamento de Regulamentação e Controle de Criaturas Mágicas e ajudá-los no trabalho de restabelecer as áreas dos animais mágicos e devolve-los ao seu espaço de origem. Visto que era uma grande chance de futuro para si e para sua família, Bernard aceitou de bom grado a chefia do Departamento e, depois de muito tempo de trabalho duro, conseguiu restabelecer o controlo do Ministério sobre a crise.

O interesse de Helena por magizoologia foi incentivado pelo seu pai e desaprovado pela mãe, que era Inglesa e conhecera seu pai em uma das viagens dele para a Inglaterra, pois desejava que sua filha estivesse inserida num espaço menos masculino e perigoso.
Mas para Helena, aquilo pouco lhe interessava, ela conseguia fazer seus estudos e pesquisas de campo com seu pai e ainda manter uma boa aparência, como compensação
à sua mãe, que mantinha ainda esperanças de que quando terminasse Hogwarts, fosse fazer uma coisa mais digna para sua condição.
Porém, antes de diplomar-se em Hogwarts (escola da mãe), Helena já tinha certeza de que trabalharia com seu pai e seguiria os mesmos passos deste, que se orgulhava muito da independência, ambição e impetuosidade da única filha.

Desde jovem, Helena acompanhara as expedições mais triviais de seu pai, à medida que foi crescendo, ia mais longe, até que, quando finalmente diplomou-se com louvor em Hogwarts, dando ênfase à Trato das Criaturas Mágicas, Feitiços e Defesa contra as Artes das Trevas, Helena partiu em sua primeira expedição independente para o Norte. Depois, estabeleceu-se num centro de Pesquisas Mágicas, onde estudou e fez muitas pesquisas sobre Dragões Raros que habitam ou habitaram as terras do Norte.

Voltou para casa uma eximia especialista e ótima pesquisadora. Inteligente e ambiciosa, Helena logo criara sua própria equipe de pesquisadores e anunciara seu projeto de expedição: Iria para a Grécia e montaria um centro de pesquisas para estudo profundo dos animais Mitológicos.

Depois de muito trabalho árduo e alguns problemas e incidentes, Helena voltou sã e salva para casa, para alegria do pai e alivio da mãe.
Agora, era considerada pronta para assumir os afazeres do Departamento de Regulamentação e Controle de Criaturas Mágicas.

Helena seguiu carreira promissora ministerial, seguida de muitas promoções e elogios vindos de seus chefes, e já era apontada como a sucessora mais competente do cargo de seu pai, contrariando muitos bruxos, que subjugavam sua competência e inteligência. Sua beleza também era um agravante, visto que muitos lá a tomavam como uma lady e não uma perita em magizoologia que era.

Mesmo assim, Helena combateu todos estes e já estava à serviços oficiais do departamento e, mesmo com algumas objeções, Helena tornara-se braço direito de seu pai, e já era preparada pelo mesmo para assumir o seu cargo.

Assim, sua primeira tarefa, como representante oficial do Departamento fora chefiar uma expedição que tinha por objetivo combater o caos que uma família de dragões fazia em um pequeno vilarejo bruxo, trazendo sérios problemas para a comunidade bruxa do local. Era uma tarefa simples para a Sub-Chefe Chevalier. Porém, muitas coisas nesta viagem fora decisivas para uma reviravolta e uma virada geral no tabuleiro de sua vida.

Assim, Helena Chevalier foi convidada a lecionar em Hogwarts Trato das Criaturas Mágicas. Aceitou. Por motivos que ela prefere guardar consigo, talvez seu futuro cargo ainda a aguarde, mas a vida é cheia de voltas e Hogwarts é um grande mistério, assim como ela.
avatar
Arquivista
Admin

Mensagens : 525
Data de inscrição : 30/12/2010

Ver perfil do usuário http://arquivoswp.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum