[Aluno] Haydée Hup'däh

Ir em baixo

[Aluno] Haydée Hup'däh

Mensagem por Arquivista em Dom Jan 02, 2011 5:07 pm

Haydée Hup'däh escreveu:Nome Completo: Haydeé Hup'dä
Idade: 12 anos
Local de Nascimento: Desconhecido. Mora atualmente em Londres / Inglaterra
Nomes dos Pais: Desconhecido
Irmãos: Não Tem (?)
Cor dos cabelos: Pretos
Cor dos olhos: Castanho claro (cor de folha seca de outuno)
Cor da pele: Branca
Altura: 1,68
Animais: Uma coruja chamada Babu, supostamente o filhote da coruja que seria de seu pai.
Comida preferida: Chocolate
Cor preferida: Verde e Laranja
Livro preferido: Todos que sigam o estilo do autor trouxa preferido Sidney Sheldon
Matéria preferida: Defesa Contra as Artes das Trevas
Hobby: Ler e Escrever.

Sua história antes de chegar a Hogwarts: Haydeé não sabe nada de seu passado além de que foi abandonada por possuir uma séria "declinação" para a magia, como as freiras do orfanato onde viveu gostavam de lhe falar. Mas todas dizem que isso era apenas uma justificativa intragável de uma mãe que não tinha responsabilidade. Haydeé nunca ligou para o fato de ser abandonada, mas a justificativa de sua desaparecida mãe sempre a intrigou. Nunca foi do tipo rebelde e irritadiça como muitos orfãos que conhecia, até porque ela agradecia o fato de não haver sido abandonada nas ruas geladas de Londres. Era agradecida à mãe, também, pelo fato de ter-lhe dado um nome, o que talvez justificasse até um certo apego. Haydeé, apesar de não ser rebelde sempre fora reclusa em seus livros e devaneios. Tinha seus "colegas" do qual conversava sobre futilidades mundanas da qual ela nunca tinha interesse, a menos que se tratasse de algo sobrenatural. Não escondia de si mesma uma pequena ponta de esperança de que aquela justificativa "intragável" da mãe pudesse ter um fundo real.
Quando completou 11 anos de idade Haydeé recebeu uma carta, na verdade furtou do gabinete da freira que verificava as cartas que chegavam, e percebeu ser um convite para uma escola de magia que possuia um nome que ela não saberia pronunciar. Beauxbatons? Ela tentou pronunciar algumas vezes, mas estava feliz por receber aquele convite e não perderia tempo em fazer bicos para lê-lo. A escola ficava na França. Por quê lá? Como iria para lá?
Pensando no assunto passou-se apenas alguns dias para que notassem a falta da carta e procurassem a pequena criaturinha que a pegara, então Haydeé, sem pensar, pulou pela janela e deu um jeitinho de passar pelos portões, fugindo pelas ruas de londres apenas com seu sobretudo herdado da escola e a carta da escola. Um dia depois Haydeé foi encontrada por uma grande mulher que a chamou sem muita cordialidade e, pelo seu tamanho, Haydeé não precisaria questionar sobre a natureza daquela criatura, pois totalmente humana ela não era. Depois disso Haydeé começou a estudar em Beauxbatons no que seria uma vaga reservada por sua prórpria mãe, mas nada além disso foi-lhe informado e ela também não questionou. Após um ano estudando Haydeé, que não era rebelde mas era curiosa, ouviu uma conversa sobre sua pessoa e resolveu escutar e percebeu ser um homem que conversava com a diretora da escola. Aliás que parecia uma discussão. Haydeé não conseguiu escutar nada além de negativas e palavreados, mas soube que aquele cara era algum parente dela. Porém uma das professoras a viu e a puxou de lá. Alguns dias depois Haydeé recebeu a notícia de que seria transferida para Hogwarts.
avatar
Arquivista
Admin

Mensagens : 525
Data de inscrição : 30/12/2010

Ver perfil do usuário http://arquivoswp.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum